Category Archives: Miriam Da Costa

*

Trago nas alvoradas que me despertam uma poesia que não se contém em mim. Miry *Fotografia: Jurujuba – Niteròi (RJ) by Ricardo Beliel

Pubblicato in frases, Miriam Da Costa, poesia | Contrassegnato , , , , , , | Lascia un commento

*

Eu sou apaixonada pelo Mar e tenho ciúme dos beijos impetuosos que a areia recebe das ondas e é por isso que eu nao resisto e mergulho-me em versos para me abraçar poesia nas Suas profundezas… Miry *Fotografia: Praia de … Continua a leggere

Pubblicato in fotografia, Miriam Da Costa, natureza, poesia | Contrassegnato , , , , , , , , , , , | Lascia un commento

*

“O destino conduz os que querem ser conduzidos, e arrasta os que não querem” (“O tempo e o Vento” -Érico Veríssimo -1905/1975) *Art by Victor Bauer

Pubblicato in arte, Miriam Da Costa, paintings, poesia | Contrassegnato , , , , | Lascia un commento

*

O Natal é o periodo do ano (Il Natale è il periodo dell’anno) onde aumenta o numero de pessoas obesas de palavras (dove aumenta il numero di persone obese di parole) e com anorexia de sentimentos e atitudes. ( e … Continua a leggere

Pubblicato in fotografia, iflessioni, Miriam Da Costa, Miry | Contrassegnato , , , , , , , , , , , , , | Lascia un commento

*

Sem silêncios eu nada seria e diria no falar das minhas palavras. Miry *Art by Gabriel Picart

Pubblicato in arte, Miriam Da Costa, poesia & dipinto | Contrassegnato , , , , | Lascia un commento

*

( … ) resgatando-se ela sequer percebera que acabava de entrar em um banquete onde era a anfitriã e a comensal mais esperada. Miriam Da Costa – Miry *Image by Google

Pubblicato in fotografia, frasi, Miriam Da Costa, Miry, scrittura | Contrassegnato , , , , , , , | Lascia un commento

*

O poeta quando nasce não chora como todos os recém nascidos declama sem saber o seu primeiro verso. (Miry) *Art : “A water baby”  – 1900 – by Herbert Draper

Pubblicato in arte, frasi & dipinti, Miriam Da Costa, paintings, scrittura | Contrassegnato , , , , , | Lascia un commento

*

Palavras alastrando-se pelo chão … a caneta convida o caderno … explosão quando transborda a inspiração eu nao sei estugar o lirismo è o meu caminhar a poesia é o meu pulsar. Miry

Pubblicato in Miriam Da Costa | Contrassegnato , , , , , , | Lascia un commento

José Maurício Nunes Garcia

José Maurício Nunes Garcia (Rio de Janeiro, 22 de setembro de 1767 – 18 de abril de 1830) foi um padre católico, professor de música, maestro, multi-instrumentista e compositor brasileiro. Mulato, descendente de escravos, nasceu pobre, mas recebeu uma educação … Continua a leggere

Pubblicato in arte, Miriam Da Costa, musica . | Contrassegnato , , , | Lascia un commento

*

* “… è preciso amar as pessoas como se não houvesse o amanhã.” (Renato Russo – Legião Urbana) Escultura: “O último adeus” de Alfredo Oliani, está no túmulo da Família Cantarella, no Cemitério São Paulo em Vila Madalena – São … Continua a leggere

Pubblicato in arte, artista, fotografia, frasi, Miriam Da Costa | Contrassegnato , , , , | Lascia un commento